MEU ORGULHO DE SER

sábado, 27 de junho de 2015

HARMONIA!

                                                                     
                                                                        Como arrepio da pele
Sinto o toque
Da sua mão

Que desliza
Mansamente
Faz arfar
O coração

Ousadamente percorre
As linhas sinuosa do corpo
Tocando !   Arrebatando!
É seu!  E diz!
Quase gritando.

Avidez  percorre solto
Entrelaça  mãos e pernas
Nesse universo  perdido
O corpo  já não governa.

É a harmonia  infindável
Entre a vida e o universo
Entre meu corpo e o teu
Entre a poesia e meus versos!
Marilene Azevedo