MEU ORGULHO DE SER

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

TEMPESTADE!



                 

                                          Ouço o barulho da tempestade que se aproxima daqui...Meu Deus ! o tempo esta igual a mim ..Num turbilhão de pensamentos de sonhos e  desalentos...Que faz ter raiva assim...Pensei ..Repensei  ...Enquanto os trovões   estrondo dentro da minha mente...E os gritos se faz presente..Com tua  imagem viva.. Mexendo nas  minhas feridas  para te satisfazer...Porque não queres querer...Eu apenas satisfaço o ego  do teu prazer...
                                        E a tempestade persiste!..E os pensamentos também.!  Que importa que esteja além do teu alcance e da vida se a dor  dessas feridas..Tu nunca irá sentir...E continuará mentir..Mais e mais ..É assim o teu viver...Tentando crer    não no ser..E sim no triste do seu viver...
                                         A tempestade acalmou ...As minhas mágoas também!  A chuva irá levar lembranças  que tenho aqui...Cicatrizará  feridas..Apenas ficará as marcas...De um tempo que eu amava...Sonhava  de amar bonito...Mas hoje apenas sinto que dores não tenho mais..E se acaso sentir  o que se ouvirá é um grito  que as vezes teima em sair!

                                                                    Marilene Azevedo!