MEU ORGULHO DE SER

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

BRINCANDO COM A VERDADE!

                                           
                                               
                                                               
                                                                      BRINCANDO COM A VERDADE!


                                                                        Eu  hoje ..Acho que descobri o que eu tanto.. Agrido as pessoas e incomodo...Creio que..Seja a minha alegria..Minha espontâniedade..Esse furor todo que tenho pela vida....Isso incomoda!..Descobri!..Porque sendo dessa maneira eu faço  brotar um sentimento mesquinho que ao mesmo tempo os deixa mais feios ainda...  Mais velhos ..Sem graça diria...Não tenho culpa se tenho a alma tão leve..E se cada ano que passa eu me sinta melhor..
                                                                         Lastimo...Pelas agruras da vida..Pelas lagrimas contidas e soluços sufocados..Pelos amores deixados...Lastimo por Vós...Por eles...Por todos aqueles..Que pelas adversidades  morreu na metade  e hoje o que segue é apenas carcaça  do que foi autrora..Pois hoje só mora  um arrêmedo de uma estrada ..Que sobrou foi poeira..Porque até as flores não quis semear...Lastimo..Lastimo ainda mais!   O que deixou la pra trás dizendo-se firme  senhor dos seus atos..Mas ninguém o queria  tão firme assim...Lastimo..Por esse engano. O sobro do vento levanta esse manto que cobre essa farsa que segue o teu caminhar...E vais lamentar..As horas sofrida perdida na vida ..Em troca de nada apenas porque dizeram que fosse  um homem sisudo..Mas com jeito do mundo a se respeitar.....Vai lastimar ..A alegria perdida ...Amores deixados..Aquele beijo que foi tão pedido e não recebido..Agora quer dar...E vai lamentar...E ao levantar  em cada manhã  ver que o tempo que é implacavel te joga na cara as verdades escondidas que tu! ..Só tu  que sabe onde esta!...E vai relembrar..
                                                                             Não sou retovada ..Apenas folgada ..Alegre faceira e digo besteira ..Mas sem ofender..E apenas  uma mulher  que apesar da idade não deixa  de ter essa  maneira de ser...Desculpe se agrido ..E sem intenção.E que na minha humilde maneira  o que vale a pena  é o meu coração...A fortuna que tenho é os meus sentimentos..Todos eles guardados e bem doutrinados ..Para nunca esquecer que devem amar!...
                                                                                   Marilene Azevedo..