MEU ORGULHO DE SER

sexta-feira, 5 de julho de 2013

PERDOE..


                                                               PERDOE ....


                                                                     Normal..O que é normal?  Normal é não pensar.  e não viver..e não sentir..Normal  não pode ser feliz..Quem ama não é normal..Quem ama sonha  ..Chora  ..Se angustia por coisas que nem se sabe..Se até nessa hora cabe..Falar de normalidade..Meu Deus ! É coisa da idade? Mas quem disse que idade tem a ver com sentimentos, Se é por merecimento que amamos diferenciado, que pode ser ajuizado ou mesmo descontrolado?  Normal..É ser somente igual a tantos que se arratam..Não quero ! Não sou normal!..Se tiver que amar vou amar..Chorar até de felicidade..Brincar  justo na idade..E ser  um velho feliz..Gosto de tudo que é bom ..Com requintada finesse..Saborear  essa vida em detalhes verdadeiros , sem precisar ser primeiro ..Mas ser o ultimo a chegar..Depois de mim não haverá, Quem substitua o lugar..Se entender o que digo...É porque eu não minto..E despertei  saudades  em ti!
                                                                     Então vai haver salvação! Ah! Pobre coração que pulsa em silêncio sofrendo..Não vê que esta querendo  sentir emoções  tão fortes , que o Grito de felicidade ecoe de sul a norte, brados de libertação..A prostração que ora sentes..É o peso que estava presente.É a misantropia que te assolou de emoção!..
                                                                    Quem ama é diferente!..Quem ama sente ..E sente..Quem ama não vive entre a gente..O mundo é feito de cores ..De sonhos de fantasias..E ter motivos de alegria, Quando a realidade te fere..É viver em contradição! No limiar da emoção.E ter o sabor na boca , a escorrer pelos cantos que a lingua ao passar  tão leve..Sinta o sabor do encanto..É o degustar cada vibra sabendo onde se encontra  tudo o que lhe é desejado..Esse é o mundo amado!..
                                                                    Perdoe!..Se não sou normal...Mas te perdoo porque..Que triste ter que viver..Sem sentir coisas tão belas sabendo que as sequelas dessa falta o que produz..
                                                                           Marilene Azevedo